Volte ao SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Estou aqui








No momento são 13:44, estou com muita fome
E sem dinheiro,
Idéia Sem Dinheiro
Mas feliz
Idéia Sem Inimigos
Vou ver se acho o Carlinhos por aí, ele acabou de pagar uma água de coco, eu ia pagar e ele disse "de jeito nenhum, a conta é minha"
Ah, lembrei-me do nome da médica que era dona do Carlinhos
Nise da Silveira
Vou se tem alguma coisa dela no google
Um momento, volto já,
Depois vou sair por aí à procura do Carlinhos para ele pagar meu almoço


Atualizado em 31/12/2008 - 13:54 horas
Lembrei do nome da doutora = sábia
Para onde vou agora?
Agora vou à ágora, a praça onde fiz os registros acima, estas imagens de ídéia sem fome, não sei se volto para escrever, depois do almoço me dá uma preguiça daquelas,
amanhã também não volto, pois que não trabalho em dia feriado, como este de amanhã, 1 de janeiro = marte
Grato,
Idéia Sem Fome
Atualizado 31/12/08 - às 15:03
Estou aqui, acabei de almoçar no mercado, no restaurante onde almocei não havia melancia, somente no restaurante em frente, de onde veio um prato cheio de fatias de melancia
Eu: qual o preço?
Ela: nada não
.....
Sei lá, estranho a pessoa não cobrar o que vende, é como se, para ela, vender se escrevesse vender = dar, lê-se vender igual dar
De coração.
A moça que me serviu o prato de melancia é de uma aparência simples, fiquei muito grato, por mais que eu tenha insistido ela não quis que eu pagasse, nem enfiado na bolsa ela não quis
Eu: como é mesmo o seu nome?
Ela: Eva
Muito obrigado Eva, a primeira mulher a habitar este planeta está logo ali, ai daquele que duvidar destas cousas, é ela sim
Eva, Idéia Sem Pecado = atrofia
Uma santa
O mundo girou muito daquele tempo prá cá, agora o mundo se apresenta para mim como um spin = grão que cabe na minha mão
Estou tão leve, muitos amigos encontrei por ali, não achei o Carlinhos mas deparei-me com vários amigos
Miguel
Guilherme
Raimundo
Ubirat digo Ubiratan ou Ubiratã
Ah, são tantos,
não posso deixar este de fora,
Markielton ou Marquielton ou Marquielton, um anjo alado
Milhões de amigos, como eu poderia sentir fome em qualquer um dos três = quatro = cinco = seis = sete = setenta sentidos?
Não
Estou muito feliz
Grato,
Idéia Sem Fome
Em tempo: amanhã não posso trabalhar, sinto muito, gostaria muito mas não posso, tenho que respeitar as leis da integralidade = perfeição, sei como é, estive digo estou em todos os lugares inclusive naquele onde vi que a loucura é mil vezes pior do que a morte, quando = onde senti uma dor abstrata
Não
Não quero dizer este nome
Somente coisas boas
Novas notícias
A boa notícia chegou
A alegria voltou

terça-feira, 23 de dezembro de 2008



Esta loja tão bonita, o dono muito perspicaz = perito = prudente, me emitiu este documento aí como se fosse nota fiscal, insiti que isto aí não era uma nota fiscal e ele disse que sim, ao que tudo indica é uma ordem de serviço e não uma nota fiscal, vou enviar este post ao fisco para verificar o problema "in loco", ao fazer isso não estou delatando mas relatando com deiscência estes trapaceiros de carinhas tão angélicas

Ao comprar uma coisa nesta loja vi uma figura..que,,

A nota fiscal acima estava com a impresão tão apagada que não foi possível aparecer no scam, é da Papelaria Tributára, não há nenhum erro, conferi, tudo ok, eu comprei lá umas canetas para escrever nos pratos que comprei na loja onde trabalho o spin deicida, o nome dele é edgar,
o deicida trabalha nesta loja aqui da nota acima, não na papelaria tributária mas na casa de embalagens, não foi ele que me atendeu, fui atendido pelo Fernandes, ele não quis me atender
O assassino não quis me atender e por isso não surgiu o nome dele mas todo dia vou comprar lá uns pratos e pedir a nota fiscal, pratos de ispor, 75 centavos a dezena
Caro Edson Barrus, ele tentou me matar
Do que estou falando:
D
Você sabe muito bem da minha história, a História de Idéia
Idéia Sem Morte
Idéia Sem Peso
Idéia Sem Corrpção,
Ah são tantos, você sabe de todos eles, não é?
Sabes sim, agora sabes
Sabes o que me ocorreu agora?
Nesta noite sonhei que eu havia me esquecido de ligar para o meu médico, é que a cirurgia = corte que ele fez em mim em 04.09.2008 até agora não funcionou, de forma que hoje vou, mais uma vez estar lá, a sensação de estar diante de uma pessoa que, não sei ao certo, das suas boas ou más intenções, sim, Fernandinho Beira Mar poderia, se tivesse tido oportunidade, ser um grande médico, estar hoje em liberdade, embora isto não deva ser regra, pois que existem muitos médicos homofóbicos, racistas, pedófilos, quando no começo da década de 80 fui amado por um deles e, por outro, fui tentado, este que me tentou tentou me segurar com uma dentada nas suas costas, eu não o queria como até hoje não quero aquele animal, fiquei um bom tempo com as marcas da dentadura do monstro, mais um,

E falando em mostro, hoje ao açodar fui à geladeira e encontrei um pequeno prato de isopor = papel onde comecei escrever a frase ....ah, esqueci, depois eu lembro,
Só sei que escrevi tanto para o meu gato que fiquei leve, entrei em prantos ao lembrar o qant]]] quanto fui ruim com um velho amigo, um animal de estimação, um gato, spin bípede, animal, ele todas as noites acariciava meus pés = mãos = olhos e me fazia dormir com seu som = canto re = laxante

Pois é, caro spin amigo, sabes com quem encontrei-me agora? Com um spin assassino = homofóbico = deicida = homicida
Antes de falar disso, quero dizer que não sou uma santidade = divindade, nem quero isso, não quero ser transformado em spin deus
Um momento, vou salvar esta carta no programa Word, não estou a fim de escrever diretamente no corpo do email = Orkut = blog
Melhor ficar por aqui, em branco
Não se devo te contar isto agora, vou contar sim, como a história é longa ela será contada em fragmentos, vários postes, grande demais incomoda, por isso fiz um blog para minhas palavras de longa extensão, então, porque não ir prá lá agora? É o que vou fazer, vou prá lá sim, de lá trarei algumas palavras para você, lembranças, imagens, recados, vídeos, tudo tudo tudo totalmente, ah sim, lembrei-me da palavra que eu havia esquecido, é a palavra totalmente, eu havia escrito
Ele tentou me matar
Há coisas que nos entristecem, estas coisas que fizemos no passado e hoje persistem feito fantasmas